terça-feira, 16 de dezembro de 2014

QUADRILHA RENDE FUNCIONÁRIOS E ASSALTA BANCO DO BRASIL.


Este é o 3º ataque a bancos em São Gonçalo do Amarante no ano, sendo o 2º em menos de 6 meses.

O Banco do Brasil do município de São Gonçalo do Amarante, distante 60 km de Fortaleza, foi assaltado na manhã desta terça-feira (16). Segundo o delegado da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Raphael Vilarinho, dois homens e duas mulheres participaram da ação contra o estabelecimento bancário. O bando entrou armado na agência e rendeu os funcionários, exigindo o dinheiro dos caixas.
Após a ação, os bandidos fugiram em um veículo Toyota, modelo Hillux, levando uma quantia ainda não divulgada pela Polícia. Viaturas da DRF e da Polícia Militar (PM) da cidade estão diligência pela localidade em busca de capturar os envolvidos, mas, até esta manhã, ninguém havia sido preso.

Este é o 3º ataque a bancos em São Gonçalo do Amarante no ano, sendo o 2º em menos de 6 meses. O último aconteceu no mês de julho, quando dois homens armados também renderam os funcionários e fugiram, como o apoio de três veículos, levando o dinheiro da agência. Os ladrões também levaram as câmeras do circuito interno de segurança, que ainda não foi reposto pelo banco.

7º ataque em dezembro

O ataque desta manhã foi o 7º somente neste mês de dezembro. A última ação ocorreu na madrugada da última segunda-feira (15), quando um bando armado explodiu a agência do Banco do Brasil da cidade de Jaguaribara.

Em todo o ano, segundo dados da DRF, foram registrados 55 ataques a estabelecimentos bancários do Ceará, entre assaltos, arrombamentos e explosões, que foram bem sucedidos ou se configuraram apenas como tentativas. Já de acordo com o Sindicato dos Bancários do Ceará, os números de ataques a banco, excluindo 'saidinhas' e 'chegadinhas' bancárias, são maiores do que os divulgados pela Delegacia de Roubos e Furtos. Segundo os dados do Sindicato, já foram 65 ataques em todo o Estado.

Fonte: DN

INDIVÍDUO SOFRE ACIDENTE APÓS SER PERSEGUIDO PELA PM


Na manhã de ontem (16) policiais militares realizaram uma perseguição (Sobral) a um indivíduo que estava armado com um facão. A ocorrência se deu nas  proximidades do Hospital Regional Norte (HRN). Durante a fuga o suspeito colidiu sua bicicleta com um muro de um residência, sofrendo várias lesões. Os PMs socorreram o indivíduo ao HRN, que logo em seguida foi levado à Delegacia de Polícia Civil, para os procedimentos legais.

Fonte: Sobral 24h

Polícia apreende mais de R$100 mil em drogas


CAUCAIA
Image-0-Artigo-1762052-1
Delegado Sérgio Santos, adjunto da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas e Alexandre Ferraz, titular, apresentaram material
FOTO: AGÊNCIA DIÁRIO
Duas mulheres foram presas, durante uma operação da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), em parceria com a Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). As duas prisões ocorreram no bairro Boa Vista, em Caucaia. A quantidade de entorpecentes apreendidos é avaliada em mais de R$100 mil.
De acordo com o delegado titular da DCTD, Alexandre Ferraz, a ação policial aconteceu depois que uma denúncia anônima delatou um esquema de tráfico de drogas, mantido por um casal. A Polícia foi ao local indicado checar o que foi dito e conseguiu confirmar o delito.
O primeiro alvo da ação foi uma casa, que funcionava como um depósito de drogas. Alexandre Ferraz disse que Anderson Ferreira Botelho era o gerente do local e o responsável por armazenar os entorpecentes e mantê-los longe dos olhos da Polícia. Enterrados no quintal foram encontrados 5,1Kg de cocaína; 1,3Kg de crack; duas balanças de precisão; e 28 munições.
Os policiais se dirigiram à residência onde o casal morava e encontrou uma mochila com tabletes de maconha prensada, pesando 3,2Kg e mais munição. "A casa fica em cima de uma loja de bebidas. Quando a companheira de Anderson Botelho, chamada Ana Kelly Ferreira da Silva, viu que estava cercada, ela arremessou a bolsa para a loja, mas foi em vão, porque conseguimos encontrar o material e ela acabou presa", contou Ferraz.
O delegado adjunto da DCTD, Sérgio Santos, contou que Anderson Botelho e outros três homens, que estavam no depósito, conseguiram escapar da abordagem policial.
"Quando nós chegamos estava acontecendo uma reunião e eles iriam fazer uma entrega. Na verdade, o Anderson não era quem comercializava diretamente com o usuário. Ele recebia droga em grandes quantidades e repassava, desta forma também".
Ana Kelly Silva está grávida de dois meses. Depois que ela foi conduzida à Delegacia, seu companheiro a procurou, via telefone, mas recusou-se a se apresentar. "Nós pedimos para que ele fosse até a DCTD se apresentar, mas ele se negou, mesmo sabendo que quem está sendo responsabilizada por toda a droga é sua companheira, grávida de um filho seu", disse Santos.
Desdobramento
No momento da operação populares apontaram uma casa e disseram que várias armas estavam escondidas lá. Os agentes foram até a residência e encontraram apenas uma pistola, calibre 380. Angélica Rocha foi presa e liberada, na manhã de ontem, mediante o pagamento de uma fiança.

Duas pessoas morrem e quatro ficam feridas em acidente no interior do CE


Veículo invadiu a contramão e jogou carro em ribanceira em Icó.

Pacientes feridos foram atendidos e não correm risco de morrer.

Do G1 CE
Pessoas feridas foram atendidas no hospital de Icó (Foto: PRF/Divulgação)Pessoas feridas foram atendidas no hospital de Icó (Foto: PRF/Divulgação)
Duas pessoas morreram e quatro ficaram feridas em um acidente em Icó, no interior do Ceará, na manhã desta terça-feira (16). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, um dos motoristas invadiu a contramão e colidiu frontalmente com o segundo carro. Um dos motorista morreu com a força do impacto da batida.
O motorista do segundo veículo foi jogado em uma ribanceira, onde foi encontrado morto. Outras pessoas feridas foram levadas ao hospital de Icó, onde recebem atendimento médico. Segundo a unidade, dos pacientes tiveram apenas ferimentos leves e já receberam alta.
Duas pessoas estão na sala de observação do hospital. O Corpo de Bombeiros esteve no local para retirar as pessoas das ferragens, processo que durou cerca de uma hora.
Estilhaços dos veículos seguem na pista, no trecho da BR-116 próximo a Icó, e a Polícia Rodoviária Federal recomenda que motoristas dirijam com atenção redobrada no local.

Sete trabalhadores em situação de escravidão são resgatados no Ceará


Eles estavam em fazendas nos municípios de Morada Nova e Quixeré.

Trabalhadores viviam em barracas de plástico sem condições de moradia.

Do G1 CE
Homens trabalhavam em condições precárias e ficavam instalações inadequadas (Foto: MPT/Divulgação)Homens trabalhavam em condições precárias e em
 instalações inadequadas (Foto: MPT/Divulgação)
Sete trabalhadores em situação de trabalho escravo, em razão das condições degradantes a que estavam submetidos, foram resgatados nos municípios de Morada Nova e Quixeré, na Região do Jaguaribe, no Ceará.  Os empregados foram resgatados e foram feitos os pagamentos das verbas rescisórias. O grupo foi resgatado durante  operação realizada por fiscais do Ministério do Trabalho e Emprego, Ministério Público do Trabalho e Polícia Federal, no período de 11 a 21 de novembro.
De acordo com a equipe de fiscalização, os trabalhadores estavam alojados precariamente no interior das fazendas. Em uma delas, o alojamento era debaixo de uma lona de plástico. Em Quixeré, a fiscalização constatou submissão de dois trabalhadores a condições degradantes de trabalho, em atividades relacionadas à conservação e reconstrução de cercas.
Na zona rural do município de Morada Nova, os fiscais constataram a submissão de cinco trabalhadores em condições degradantes de trabalho. Eles estavam desenvolvendo atividades relacionadas à extração de lenha para uso na linha de produção de telhas fabricadas por indústria cerâmica.
Os trabalhadores receberão todos os direitos trabalhistas, além de três parcelas de Seguro Desemprego Especial, em razão das condições a que estavam submetidos, independentemente do tempo em que estavam trabalhando nas propriedades.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Delegado é investigado por fianças irregulares

CONTROLADORIA

Um advogado também estaria envolvido no esquema e é alvo de um processo sigiloso em trâmite na OAB-CE

Image-0-Artigo-1760985-1
A Controladoria dos Órgãos de Segurança Pública determinou a instauração de Procedimento Administrativo Disciplinar contra o delegado
FOTO: KIKO SILVA
A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) determinou a instauração de Processo Administrativo e Disciplinar (PAD) para apurar o envolvimento de um delegado de Polícia Civil em um esquema que consistiria na cobrança indevida de valores para pagamento de fiança de presos. Ele cobraria valores a mais e repassaria para a Justiça Estadual apenas parte do dinheiro entregue pelos acusados ou familiares deles. Pelo menos dois casos concretos estão sob investigação, mas outros procedimentos suspeitos figuram na investigação da CGD.
Um advogado também estaria envolvido no esquema e seu nome aparece nos dois flagrantes objetos da investigação. As denúncias foram feitas à Defensoria Pública do Estado do Ceará (DPCE) e repassadas à CGD. A Controladoria apura, ainda, outros inquéritos em que foram arbitradas fianças pelo mesmo delegado e que tem o mesmo advogado como defensor.
Flagrante
O primeiro caso teria ocorrido no dia 16 de abril de 2012, no interior da sala do então delegado da Delegacia Metropolitana de Maracanaú. Um homem havia sido autuado em flagrante na madrugada do dia 15 de abril pela prática do delito previsto no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) (dirigir embriagado). Após a prisão, ele foi informado por um escrivão que, posteriormente, poderia ser solto após arbitrada fiança no valor de um salário mínimo.
No entanto, no dia seguinte, a mulher do preso compareceu à Delegacia para efetuar o pagamento da fiança, correspondente a um salário mínimo. Ela teria falado "diretamente" com o delegado, mas ele teria arbitrado a fiança em dois salários mínimos, alegando que um salário mínimo seria para o pagamento de fiança, enquanto o outro seria entregue a um advogado, indicado pelo próprio delegado.
A mulher se reuniu com o advogado e o delegado no mesmo dia. Durante a nova conversa, a mulher disse que não tinha condições de pagar os dois salários mínimos exigidos.
O advogado, então, teria perguntado ao delegado se ela poderia pagar o valor de um salário mínimo e meio. No mesmo dia, a mulher conseguiu a quantia de R$ 900,00 e teria entregue nas mãos do advogado dentro da sala do delegado. O advogado teria retirado sua parte, referente ao valor de R$ 300,00 e deixado o restante com o delegado de Polícia. Após a negociação, o homem foi liberado.
Contudo, a Guia de Recolhimento de Fianças Criminais (GRFC) foi expedida no valor de R$ 300,00 e paga no dia 17 de abril de 2012, de acordo com o que foi informado ao Poder Judiciário.
Mesmos atores
Outro caso semelhante ocorreu na mesma Delegacia cerca de um mês depois, envolvendo os mesmos atores, mais precisamente no dia 7 de maio de 2012.
Um homem, também preso por dirigir embriagado, teve a fiança arbitrada pelo delegado na quantia de R$1.300,00. O valor foi entregue na Delegacia a um policial por um amigo do preso. No entanto, o valor que apareceu na guia de recolhimento foi de R$ 600,00.
Com os indícios das irregularidade, a CGD determinou a instauração de uma investigação contra o delegado, conforme consta no Diário Oficial do Estado (DOE), do dia 10 deste mês.
O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Ceará (OAB-CE), Valdetário Monteiro, disse que o caso está sendo apurado na Ordem, sob segredo de Justiça. Conforme Monteiro, se ficar comprovada a culpa do advogado ele pode ser expulso da Entidade.
A reportagem não divulga o nome do delegado e do advogado pois eles ainda são suspeitos e não foram indiciados.
Emerson Rodrigues
Editor de Polícia

Motorista perde controle e invade casa no Ceará: 'susto grande'

Família acordou com barulho do impacto do carro na residência.
Motorista sofreu escoriações leves e foi atendido em hospital.

Do G1 CE
Motorsita sofreu escoriações leves com a batida (Foto: Facebook/Reprodução)Motorista sofreu escoriações leves com a batida (Foto: Facebook/Reprodução)
Um motorista perdeu o controle do veículo e invadiu uma casa no Centro de Juazeiro do Norte, no interior do Ceará, neste sábado (13). De acordo com testemunhas, o motorista dirigia em alta velocidade, subiu a calçada e colidiu com a fachada de uma residência. A força do impacto derrubou parte da parede da casa.
Agentes do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) de Juazeiro do Norte realizaram o teste de alcoolemia, mas não divulgaram o resultado. O motorista sofreu escoriações leves,  foi atendido no Hospital do Cariri e recebeu alta ainda no sábado.
Os proprietários da casa afirmam que tomaram um “susto grande”, mas ninguém ficou ferido. “Era de manhã cedo, a gente ainda estava dormindo quando ouvimos o barulho. Por um momento a gente pensou que a casa estava toda desabando”, diz o dono da casa, que não quer se identificar.