terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Assaltantes roubam loja de celulares na Santos Dumont

A Polícia efetuou disparos contra os assaltantes, que fugiram em um Fiat Uno de cor prata. Ninguém ficou ferido e os suspeitos foram capturados
Um dos assaltantes foi apreendido
Um trio de assaltantes roubou a loja Claro, localizada na avenida Santos Dumont, na manhã desta terça-feira, 27. Os suspeitos levaram objetos do estoque da loja, além de pertences de clientes, e fugiram em direção à rua Visconde de Mauá. Foram ouvidos tiros, mas ninguém ficou ferido. Os suspeitos foram capturados. 
 
Adaptação de fotos: blog NP

Um funcionário da loja, que não quis se identificar, contou ao O POVO que o primeiro suspeito entrou armado no local e anunciou o assalto, por volta das 10h20min. Outras duas pessoas entraram em seguida e renderam as pessoas do local, levando celulares e objetos do estoque. A Polícia Militar foi acionada e efetuou disparos para assustar o grupo, que conseguiu fugir em um carro Fiat Uno de cor prata.

Policiais da viatura 3060 do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) informaram que os assaltantes não revidaram os tiros. Um adolescente, de idade não divulgada, foi apreendido após o trio abandonar o veículo. Os outros dois continuaram a fuga e pé e foram localizados próximo a Praça Portugal, conforme o PM identificado apenas como Gomes.

Os tiros assustaram as pessoas de edifícios próximos, que ficaram impedidas de sair do locais até que fossem autorizadas pelos seguranças. Uma fonte informou ao O POVO que foram disparados cerca de seis tiros. 

Redação O POVO Online com 
informações do repórter Wagner Mendes

Policiais do FTA motos prendem indivíduos que botavam terror no Alto Novo!

Policiais militares efetuaram a prisão em flagrante de dois indivíduos, portando um revólver calibre 38. A prisão aconteceu na noite desta segunda-feira (26) às 19h30, na Rua Trio Ubajara, bairro Dom José. Os acusados são conhecidos pelas alcunhas de "Lulu" e "Erê", eles botavam terror no Alto Novo. Os presos foram conduzidos à Delegacia Municipal de Polícia Civil, para os procedimentos legais. Os policiais que efetuaram a prisão dos dois indivíduos foram: J. Durval, Mailson e Ênio.


Fonte: Sobral 24 horas c/ Jorge Alves

Mulher é presa por agredir filhos menores de idade

As crianças foram encontradas em estado de abandono
Uma mulher foi presa nesta segunda-feira (26), no município de Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza, por maus tratos contra seus dois filhos menores de idade. 
De acordo com a Polícia Militar, o menino de 7 anos e a menina de 4 anos foram encontrados em situação de fome e abandono, após denúncias encaminhadas à PM. 
Na residência, os policiais encontraram um chicote. De acordo com a denúncia anônima, o objeto seria utilizado para agredir as duas crianças. Além disto, a mulher costumava sair para festas e deixar os dois menores sozinhos. 
A mulher, identificada como Patrícia Magalhães dos Santos, foi presa em flagrante. Ela será indiciada por maus-tratos, abandono de incapaz e lesão corporal. 
Patrícia se encontra na Delegacia de Capturas (Decap). Os dois menores foram encaminhados ao Conselho Tutelar do município e em seguida, foram entregues para tias e uma avó. Elas tiveram que assinar um termo de responsabilidade, para assumir a guarda. 
As crianças não apresentavam sinais de agressão e negaram serem espancadas pela mãe. 

Três adolescentes são detidos suspeitos de assassinato

Os jovens têm 14 anos e já tinham passagens pela polícia
Três adolescentes foram detidos na noite desta segunda-feira (26) suspeitos de assassinar um menino de 12 anos, no Planalto Pici. 
De acordo com informações da Polícia, os garotos têm 14 anos e já tinham passagem pela Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).
Os adolescentes foram apreendidos após uma operação da polícia e confessaram o homicídio. Ainda de acordo com a polícia, a vítima também tinha passagem pela DCA, por participação de assalto a ônibus. 

Universitário é executado a tiros

A confusão aconteceu na madrugada da segunda-feira (26), em Parambu
O crime aconteceu na localidade de Juazeiro, no município de Parambu, distante 400 km de Fortaleza. Um jovem de 20 anos, identificado como Mikael Moreira Feitosa, de 20 anos, foi baleado durante uma confusão dentro de um bar. 
Antônio Leandro de Almeida, de 52 anos, teria sacado um revólver durante a confusão e disparado diversos tiros fugindo em seguida. De acordo com a Polícia, o jovem estava com vários amigos quando a briga começou. Não se sabe ainda o motivo da briga.
A Polícia ainda não tem informações sobre o paradeiro do suspeito, mas sabe que outro homem, Josias Alves de Oliveira, teria dado fuga para o assassino em um veículo UNO, de cor prata, com placa da Bahia. O suspeito de tirar a vida do jovem já era procurado pela Polícia por outro assassinato no município de Quixadá. 
Mikael era estudante universitário do curso de Engenharia Civil, estava na cidade passando férias. Ele morava em Manaus, no Amazonas e veio passar férias na casa do pai, um vereador de Parambu, Ronaldo Moreira Feitosa. O jovem voltaria para Manus nesta terça-feira (27). 
Qualquer informação sobre a localização do suspeito pode ser repassada pelo número (88) 3448-2300, da delegacia de Parambu. Informantes terão identidades mantidas em sigilo.  
Antônio Leandro Almeida

O suspeito do crime, 
Antônio Leandro Almeida, está foragido

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Policial civil é encontrado baleado dentro de carro no Bairro de Fátima

Moradores acionaram o Samu e rapaz foi levado ao IJF.
Carro bateu em árvore e mureta.

Do G1 CE
Um policial civil foi baleado e bateu o carro em uma árvore na Avenida Eduardo Girão, perto da rotatória da Avenida Aguanambi, no Bairro de Fátima, em Fortaleza, na manhã deste sábado (24). O carro subiu a calçada, bateu na árvore e na mureta do canal que passa pela avenida.
Ele foi encontrado dentro do carro, ferido pelo acidente e por três tiros, e foi encaminhado para o Instituto Dr. José Frota pelo Samu, acionado por moradores. O policial, de 29 anos, não corre risco de morrer. A polícia investiga se ele foi vítima de tentativa de execução ou de assalto. 

Corpo de rapaz morto em tentativa de assalto é sepultado em Maranguape

Motorista foi feito refém em assalto a farmácia e morreu com tiro.
José Carlos Alves tinha 32 anos e planejava ter um filho neste ano.

Do G1 CE
José Carlos foi velado em meio à comoção de amigos e familiares (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)José Carlos foi velado em meio à comoção de amigos e familiares (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)













O corpo do motorista feito refém e morto em tentativa de assalto em uma farmácia foi sepultado na manhã deste domingo (25) no distrito de Itapebussu, em Maranguape, a 30 quilômetros de Fortaleza. Familiares e amigos se emocionaram na despedida de José Carlos Alves Ribeiro, de 32 anos. O rapaz era casado há dez anos e era o filho mais velho de quatro irmãos. 
José Carlos foi rendido por dois ladrões em uma farmácia na Avenida João Pessoa, na tarde da sexta-feira (23). Câmeras do estabelecimento filmaram a ação dos ladrões. Nas imagens, eles se movimentam entre as prateleiras tentando seguir em frente até que a vítima cai ferida e a dupla foge. (Veja o vídeo ao lado.)
De acordo com a polícia, ainda não se sabe oficialmente se os disparos que mataram o cliente foram das armas dos assaltantes ou do vigilante que estava na loja e deixou o local do crime após o tiroteio. José Carlos havia saída da clínica onde trabalhava, a poucos metros da farmácia.
Emoção
A dor dos parentes e amigos foi ainda maior porque neste fim de semana seria de festa para a família. De acordo com o pai da vítima, todos se reuniriam em um churrasco para comemorar os aniversários do mês de janeiro dos familiares, inclusive o de José Carlos. "Ele era um cara muito prestativo. Essa é a imagem que vai ficar dele aqui na terra", afirmou o primo Antônio Ronaldo Cavalcante.
José Carlos era casado há dez anos e não tinha filhos. De acordo com a mulher dele, Zuíla da Costa, o casal planejava ter um filho neste ano. "Infelizmente, ela não pode realizar esse sonho", diz Zuíla, que se emocionou muito ao se lembrar do marido.
Investigação
A Divisão de Homicídios investiga o caso. De acordo com a polícia, o laudo pericial que identificará de onde saiu o disparo que matou o motorista deve ficar pronto em 15 dias. A Polícia Militar realiza buscas para localizar a dupla de assaltantes, mas, até a manhã deste domingo (25), ninguém foi preso. A farmácia onde aconteceu o homicídio funciona há seis meses e já foi assaltada três vezes.
Familiares se emocionam durante sepultamente de José Carlos (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)Familiares se emocionam durante sepultamente de José Carlos (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)